Início Beauty Fair 2019 Você conhece a técnica Sobrancelhas de Cristal?

Você conhece a técnica Sobrancelhas de Cristal?

0
727

No último dia da Beauty Fair 2019, especialista internacional ensinou a técnica e você confere algumas dicas e truques aqui!

Pela primeira vez na Beauty Fair, a russa Anna Marchenko, vencedora de diversos campeonatos de sobrancelhas, ministrou um curso prático sobre a técnica Sobrancelhas de Cristal. Durante mais de oito horas, a especialista ensinou, deu dicas e aproveitou para reforçar como deve ser um atendimento de sucesso.

Entre os tópicos abordados por Anna estavam a arquitetura, modelagem e construção de sobrancelhas de acordo com o rosto e peculiaridades individuais do cliente, além de criação de formulário usando a régua e a linha da testa, estudo de técnicas de coloração e a elaboração de um relatório do cliente.

Na prática
Usando uma modelo, a especialista aplicou todos os passos de sua técnica, desde como definir o formato da sobrancelha com auxílio de linha e traçados para conseguir uma forma mais natural à retirada de pelos excessivos com cera e pinça. Entre as dicas importantes que compartilhou, Anna aconselhou os presentes a não tentar eliminar toda a assimetria presente nas sobrancelhas de suas clientes já na primeira vez. “Quando começamos a trabalhar com a cliente é normal que as sobrancelhas sejam desiguais e assimétricas. Então, temos que trabalhar aos poucos na alteração, pois se tentarmos fazer tudo de uma vez, elas ficarão finas e artificiais”, disse.

Anna Marchenko realiza as técnicas e ensina os participantes do curso prático

Truques
O uso de água destilada para a diluição da henna também foi um tópico de destaque do dia de ensinamento. Segundo a especialista russa, a água da torneira ou mesmo filtrada contém substâncias que prejudicam a coloração da henna. Por isso, o ideal é usar a água destilada. “Vocês vão ver a diferença”, prometeu ela que é entusiasta do uso da henna. “O pigmento não entra no fio, ele envolve o fio e sai completamente só depois de dois meses”, reforçou ao aconselhar os profissionais a não repetir o procedimento com menos de quatro semanas depois da aplicação “para que a henna anterior saia quase completamente e evite uma sobreposição do pigmento, que deixará os fios muito grossos e quebradiços”.

Experiência
Anna compartilhou também que a experiência de manter fichas de seus clientes com todos os detalhes das aplicações, como cor e tempo de fixação, para que o serviço prestado ao cliente seja sempre o melhor possível e, assim, evitar possíveis reclamações e a perda desse cliente sempre foi positiva. “É importante para mim que o cliente não saia do meu salão, por exemplo, com vermelhidão e sobrancelhas opacas. Por isso, sempre uso gel e corretivo. É importante que tenham uma boa imagem de mim”, completou.

Por Karen Villerva
Fotos: Ag. Riguardare

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu nome aqui
Por favor digite seu comentário!