7 A 10 DE SETEMBRO
Expo Center Norte - SP
Entrar / Cadastrar

TELEVENDAS: (11) 3181-5197

WHATSAPP: (11) 97961-0275

Início NOTÍCIAS Beauty Fair na Itália Visitas técnicas ao varejo de Milão inspiram indústria brasileira de cosméticos

Visitas técnicas ao varejo de Milão inspiram indústria brasileira de cosméticos

0
6007

O que o varejo italiano pode ensinar à indústria de cosméticos brasileira? Se você pensar que a responsabilidade da marca está nas mãos da indústria, faz muito sentido o empresário ter cada vez mais informações sobre os rumos do varejo e como seus produtos serão disponibilizados aos consumidores. Afinal, é um importante canal de distribuição.

A cidade de Milão, destino inicial do grupo de indústrias que está com a Beauty Fair na Itália, é um cenário efervescente de tendências e novidades. Por isso, a Beauty Fair convidou o arquiteto especialista em negócios para o varejo, Julio Takano, para fazer a curadoria de lojas para a realização de visitas técnicas.

O tour do grupo começou em uma das franquias de Nashi Salon e Nashi Argan, uma empresa 100% italiana, com 18 milhões de Euros de faturamento anual, registro de crescimento de 20% em 2018 e mais de 20 mil pontos de venda.

O modelo de negócios do Nashi está amparado em três pilares: salão de beleza com loja de cosméticos, com aproximadamente 200m², loja de cosméticos, 60m², e corners em salões de cabeleireiros.

Presentes em 53 países, Nashi nasceu com o objetivo de massificar o óleo de argan, ativo protagonista de sua linha de produtos. Em suas lojas, a marca oferece experimentação de produtos como principal estratégia para conversão de vendas.

Em seguida, o grupo conheceu a nova Starbucks Reserve Roastery, considerada a loja mais bonita do mundo. Inaugurada em setembro de 2018, o espaço é o local perfeito para os amantes de um bom café. Conta com um terraço, bar de experimentação, área de vendas de produtos selecionados, padaria, fabricação de gelatto e uma enorme máquina de torrefação.

Os integrantes do grupo Beauty Fair receberam informações em um tour guiado pela loja, onde os funcionários do Starbucks explicaram as funcionalidades de cada área e como conseguem entregar a melhor experiência de consumo para os cerca de 6 mil clientes que frequentam, diariamente, a loja.

O programa de visitas técnicas finalizou na nova loja da Apple, localizado na Piazza Liberty. Considerado um case do varejo de Milão, a Apple conseguiu transformar um insólito local sem movimentação, em um ponto de grande atratividade turística, revitalizando todo o comercial local.

Sem espaço para abrir mais uma loja, a Apple instalou sua loja no subsolo e na parte de cima construiu uma enorme caixa de vidro, com chafariz, que se transformou em mobiliário urbano.

A principal lição do varejo italiano para a indústria brasileira de cosméticos, sem dúvida, é a experiência. Cada vez mais os consumidores buscam novas formas de se relacionar com as marcas e a experiência que terão com os produtos é o que tornará sua marca inesquecível.

Por Deborah Huff, de Milão (Itália)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu nome aqui
Por favor digite seu comentário!