Início NOTÍCIAS Homens Topetes em alta!

Topetes em alta!

0
1981

Pompadour, fade, undercut, são alguns dos cortes mais pedidos nas barbearias atualmente. Mas para saber qual o corte perfeito para o seu cliente, é preciso, além de entender como realizar o corte, alinhar as expectativas do contexto do corte e do cliente. “Costumo indicar a estrutura de corte que o cliente se sentirá ele mesmo. Mas, para aqueles que deixam nas mãos do profissional de barbearia, o melhor é trabalhar a harmonia”, confessa o instrutor de cursos de barbeiro e cabeleireiro da Embelleze, Fernando Giarini.

Saiba como fazer cada um deles a partir das técnicas – e dicas – que o Giarini compartilhou com a VIVABELEZA para você colocá-las em prática na sua barbearia.

Pompadour

O mesmo corte pode ter suas variantes, como é o caso do pompadour que tem mais de um estilo para agradar diferentes tipos de clientes. O primeiro, chamado de classic pompadour, Giarini indica começar o corte no estilo clássico usando a tesoura e mechas guias mistas. “Uma é fixa e a outra é variável. O corte é feito de trás para frente, para promover um suave aumento de volume.”

Já para aqueles que querem deixar o topete ainda maior, o corte ideal é o long pompadour. O instrutor ensina como manusear os fios mais longos, utilizando a mecha guia fixa que estará determinando o restante do corte, para aumentar o ângulo e proporcionar mais volume no topo, em direção à frente do corte. “Muitos homens optam por este corte para prender atrás e fazer o coque samurai”, comenta o Giarini.

Outro estilo do corte é o messi pompadour, que leva um ar mais “desmanchado arrumado”. Ele utiliza os mesmos procedimentos dos anteriores, porém, com uma texturização diferente que o profissional poderá escolher pelas técnicas de picotar as pontas com tesoura, desfiá-las com a mesma ferramenta, com a navalha ou outra técnica conveniente para o tipo de cabelo.

Undercut

O Undercut é mais um queridinho dos clientes que optam por raspar as laterais deixando o volume bem no topo da cabeça. Segundo o profissional, no Undercut pode ser utilizado apenas uma numeração para máquina e também tem suas variações, uma delas é o corte graduado com máquina, que une o estilo fade no corte. “De acordo com o gosto do cliente, haverá um sombreado na parte alta, média ou baixa nas laterais da cabeça”, explica Giarini.

Fade

Dispensa apresentações para o tipo de corte fade, que começa a ser produzido a partir da altura que o cliente quer deixar no topo da cabeça e o profissional com o pente mais alto, diminuindo gradativamente. “Depois, define-se o número mais baixo até a altura pretendida para iniciar o sombreamento. A etapa seguinte é utilizar a máquina/pente da numeração mais alta para a mais baixa entre as escolhidas inicialmente, no espaço do sombreamento”, revela o instrutor. Para não deixar a indesejada marca/linha, Giarini relata que deve-se utilizar um pente intermediário para “apagar” a linha.

As variações desse corte é o fade alto, médio e baixo. Ele também fica ótimo em cabelos afros, confira cada um dos cortes acima em nossa galeria e inspire-se para agradar ainda mais sua clientela!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu nome aqui
Por favor digite seu comentário!