7 A 10 DE SETEMBRO
Expo Center Norte - SP
Entrar / Cadastrar

TELEVENDAS: (11) 3181-5197

WHATSAPP: (11) 97961-0275

Início Sem categoria Sala cheia e muito conteúdo marcaram o #SalãoDigital Beauty Fair

Sala cheia e muito conteúdo marcaram o #SalãoDigital Beauty Fair

0
1042

Evento destinado a gestores e profissionais de beleza, realizado em São Paulo, abordou a temática digital e garantiu muito conhecimento aos participantes


Mercado de beleza, redes sociais, branding, venda online… esses foram apenas alguns dos assuntos abordados durante um dia inteiro de conhecimento, interação e networking durante o #SalãoDigital Beauty Fair, realizado nesta segunda-feira (06), em São Paulo.

Profissionais de beleza e gestores de diversas partes do Estado estiveram no IBMEC para aprender e trocar ideias sobre a transformação digital, um movimento que vem tomando conta de tudo e de todos e que é de grande importância aos profissionais de beleza que desejam se destacar.

A seguir, você confere os destaques desse dia intenso e já pode se preparar para a próxima edição que acontecerá durante a Beauty Fair, no dia 07 de setembro, no Expo Center Norte.


Universo Online: visão de oportunidades do mercado para o salão
Cesar Tsukuda, diretor-superintendente da Beauty Fair, foi o primeiro palestrante do dia e falou para o público sobre as oportunidades do mercado para alavancar os espaços de beleza. Segundo o diretor-superintendente, a área da beleza foi o segundo segmento de lojas online que mais cresceu no primeiro semestre de 2018, com um aumento de mais de 100% referente ao ano anterior, por exemplo.
Além de apresentar diversos dados e compartilhar informações relevantes, Cesar ainda incentivou os participantes a levar confiabilidade ao público. Segundo ele, este é o critério mais importante nas redes sociais. Saber estruturar o planejamento de seu negócio, buscar diferenciais, ter controle de estoque, investir em gestão e eficiência, conhecer bem os seus clientes, evitar desperdícios, reduzir e reutilizar produtos, além de cuidar da equipe com motivação e preparo, também foram aspectos destacados pelo empresário.

Como transformar a tecnologia em sua aliada para reduzir despesas e ser mais eficiente na gestão do salão
Edson Machado, gestor de projetos, coordenador do Hub’s-IBMEC e co-fundador do Oasislab Inovation Space, propôs soluções para integrar o online e o off-line em relação a área de beleza. Segundo ele, que citou dez fatores de sucesso de um salão de beleza, os cinco principais requisitos para construir uma marca no on e no off é tornar a empresa mais atrativa; se diferenciar da concorrência (e não copiar o que ela faz!); conquistar clientes qualificados (não adianta ter milhares de seguidores, mas não ter pessoas que vão consumir seu produto ou serviço); agregar tudo ao negócio e alinhar a comunicação da equipe. “O sucesso vem de pessoas, por isso é importante saber ouvir o seu cliente”, contou ele que diz que para se destacar é preciso mudar a forma de pensar.

Como reproduzir sua marca na internet
Com uma palestra descontraída e cheia de dicas, Bruna Fioreti, que é jornalista e  coaching especializada em carreira levou para o palco do IBMEC reflexões relacionadas a construção de marca, o famoso branding. Ela explicou que ter um posicionamento definido, credibilidade, autoridade, solidez em tempos de crise e conteúdo para todos os canais é muito importante. Bruna também deixou claro que há uma diferença entre marketing e branding e mais, que é importante saber como se posicionar para que as pessoas vejam a sua marca da forma que você deseja.
A palestrante deu diversas dicas sobre o ambiente digital, entre elas, orientou os participantes a fazerem stories diariamente; repetir conteúdos que geram grande engajamento; se importar com os feedbacks dos clientes; responder com empatia os comentários e mensagens; não se importar com likes, mas sim com as métricas; lembrar de consultar semanalmente o engajamento dos posts e, o principal, escolher um foco para seus canais. Segundo ela, “se você falar de tudo, ninguém se lembrará de nada”.


Aprenda a vender seus produtos e serviços usando a internet
Atendendo aos pedidos dos seguidores da Beauty Fair no Instagram, Rodrigo Maruxo falou sobre um assunto sobre o qual todos tinham muito interesse: vendas na internet.
O especialista em comportamento humano e negócios destacou que não precisa ser uma grande empresa para fazer um bom trabalho online. Para ele, o importante é pensar que o cliente busca rapidez na loja digital e experiência na loja física. Rodrigo disse ainda que não é preciso ter pressa para começar seu negócio online, ou seja, é preciso dar um passo de cada vez.
Criar conexões emocionais com os clientes, construir valor em cima de seus produtos e serviços e mostrar porque ele é bom e vale o investimento também foram dicas importantes compartilhadas por Maruxo.
Para ele, personalizar seu negócio e oferecer mais do que o cliente busca também é sinônimo de sucesso. “As oportunidades do mercado só dependem de você. Por isso não delegue seu sucesso, seja responsável por ele”, ressaltou Rodrigo.


Dicas práticas para se destacar nos stories do Instagram
Com uma palestra prática, Thaís Felix, do Facebook, destacou a importância de se utilizar os stories no ramo da beleza. A ferramenta não só se torna uma televisão quando está no mobile como se diferencia por durar 24 horas e ter inúmeras maneiras de usar. Segundo ela, o mundo de beleza possui muito conteúdo para se trabalhar com os stories, desde inspiração de cabelos, make, tendências e até tutoriais.
Além de ensinar alguns truques aos participantes, Thaís reforçou que a ferramenta, gratuita e prática, pode fazer você se destacar. Apresentar lançamentos de produtos ou serviços, fazer ofertas relâmpagos, oferecer cupons de desconto e, principalmente, mostrar bastidores do dia a dia do seu espaço de beleza são, segundo ela, ótimas oportunidades de engajar o seu seguidor.


Como usar o ambiente digital a favor do seu negócio

Em bate-papo mediado por Karina Melo, gerente de marketing digital da Beauty Fair; Daniel Paz, da área de empreendedorismo do Facebook Brasil; e Camila Ribeiro, diretora de Redken, tiraram algumas dúvidas sobre investimento nas redes sociais.
Para eles, o mais importante é entender o seu cliente, criar uma estratégia de conteúdo, possuir canais diferentes e depois investir em suas publicações. Daniel ressaltou que para obter bons resultados, não é preciso investir muito e que as pessoas precisam deixar esse estigma de lado para conseguir trabalhar melhor as redes sociais.
Entre as dicas, saber os horários que seus seguidores ficam online, entender a linguagem deles e mostrar qualidade no seu trabalho são requisitos importantes e até mais importantes do que um investimento. Eles reforçaram que, mesmo quando falamos do off-line, é necessário adotar alguma tecnologia para oferecer um serviço mais rápido e eficaz, como agendamento e um estudo sobre o cliente para atendimento personalizado. “As pessoas substituíram os sites pelo Facebook”, disse Daniel. Daí a importância de saber alimentar a página profissional da maneira correta.
Camila falou sobre o uso de hashtags e afirmou a importância de usar palavras-chave para definir o seu negócio e o colocar no mapa de buscas do Instagram. Assim você pode ser encontrado facilmente por meio de uma pesquisa sobre o assunto das suas postagens. Ela ressaltou ainda que a própria Redken, por meio de hashtags, costuma fazer uma busca para ver o que os profissionais estão fazendo, os produtos que estão utilizando. Está aí esteja uma forma de se destacar e conquistar pessoas e marcas sem muito esforço. Não é mesmo?

Crie conteúdos incríveis em vídeo para as redes sociais
Camilo Coutinho, estrategista digital com mais de 10 anos de experiência no mercado de internet e vídeos online, levou para os profissionais presentes no #SalãoDigital ideias sobre inovação de posts em vídeos para gerar engajamento no mundo digital. Para começar, Camilo lembrou que, como em todos os conteúdos criados, o mais importante é estabelecer o objetivo do seu vídeo e lembrar que “o genérico já não conquista”.
Segundo ele, 90% do sucesso está na comunicação. Um dos primeiros passos para saber sobre qual conteúdo falar é ouvir seus clientes e suas dúvidas diárias sobre os produtos e serviços que oferece. E, antes de começar a produção, é fundamental precisa pesquisar o que já existe, descobrir um propósito para aquilo que você quer divulgar e criar uma estratégia.
Coutinho mencionou ainda que, antes da gravação de conteúdo, você também precisa fazer um levantamento dos equipamentos necessários. As cenas precisam ser dinâmicas, assim como a edição. No entanto, ele reforçou que não adianta ter equipamentos de última geração se você não sabe utilizá-lo ou se não tem um conteúdo relevante para colocar no ar. Usar ferramentas para otimizar o post, criar um bom título, legenda e hashtags pertinentes também foram dicas dadas pelo profissional.

Leis do relacionamento aplicadas ao mundo virtual
Para Décio Fábio Oliveira Jr, médico cirurgião e consultor de empresas especializado em sucessão familiar, o mundo digital faz parte do mundo real. “Não se trata de um método, se trata de uma forma de relacionamento com as pessoas”, disse.
Ele ainda afirmou que o relacionamento começa com uma ligação entre pessoas e é importante levar isso para o seu negócio no mundo digital, compartilhando seus valores e mostrando aquilo que realmente combina com você e sua empresa, sem precisar “inventar” algo que não traduz o que você acredita.
Levar ao cliente experiência, transmitir autoridade e confiança, trazendo credibilidade ao seu negócio, também foram dicas dadas pelo consultor de empresas.

Relacionamento 4.0
Andrea Iorio é ex-diretor do aplicativo de relacionamentos Tinder e entende bem do assunto quando se trata de ambiente digital. Para ele, antes de começar a investir em suas redes sociais você precisa mapear de onde vem os seus clientes, se são do boca-a-boca, das redes sociais ou das pesquisas no Google, por exemplo.
Entre muitas outras dicas que o profissional deu durante sua palestra, ele comentou que e-mail marketing, ser engajado nas redes e usar apps em seu negócio são boas formas de criar um relacionamento com o público.
Ele também disse que é importante classificar o cliente para oferecer o conteúdo certo para cada um deles. Para isso, práticas como captação de dados, consistência nos posts, análise de métricas, respostas de comentários e inbox, rapidez e linguagem humanizada são de extrema importância para um bom resultado.

 

Quer saber mais sobre o mundo digital? Participe do nosso grupo no Facebook, clicando aqui!

 

Por Amanda Castro e Raphaella Baptista
Fotos: Mariana Fasson

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Nenhum produto no carrinho.