7 A 10 DE SETEMBRO
Expo Center Norte - SP
Início Beauty Fair 2019 Redes sociais e marketing de influência para maquiadores

Redes sociais e marketing de influência para maquiadores

0
672

Juliana Rakoza compartilha seus conhecimentos para que você tenha destaque na profissão

Como influenciar alguém? Para responder a essa pergunta, Juliana Rakoza levou sua experiência para o palco do 10º Congresso Internacional de Maquiagem Profissional, que aconteceu no segundo dia da 15ª Beauty Fair. Ela, que é uma das maquiadoras mais renomadas do Brasil e fundadora da escola de influenciadores da beleza Beauty4Share, abordou o uso do marketing de influência como ferramenta para fazer sucesso nas redes.

Com mais de 13 anos de carreira, a expert teve formação internacional e foi maquiadora oficial de Maybelline NY, marca patrocinadora do congresso neste ano, e lá pôde contribuir com o desenvolvimento de produtos nos laboratórios de L’Oréal Paris, em campanhas, vídeos e workshops. “Depois dessa experiência, tracei uma outra jornada para mim”, afirmou Juliana fazendo referência à fundação da Beauty4Share.

Transformando reclamação em ação
“O que mais escuto das minhas alunas é que elas investiram muito e não têm cliente”, afirmou, destacando também que reclamações sobre custos e sobre a enorme concorrência na área são tidas como as principais dores dos maquiadores de hoje. “O que eu quero mostrar pra vocês é que como contornar essas dores através do marketing de influência”, disse Juliana dando a solução aos congressistas.

Segundo ela, esse tipo de marketing identifica e engaja indivíduos que exercem influência nas decisões de compra de outros consumidores. “O hábito de compra mudou. A internet conseguiu disseminar muito conhecimento e isso impactou a vida de muitas pessoas. Com isso, as estratégias das marcas mudaram: elas pegaram seus investimentos e distribuíram aos influenciadores”, disse.

Mas o que eu preciso para influenciar alguém?
Se você não esteve presente no congresso, veja as dicas de Ju Rakoza, que destacou os três tópicos principais que fazem de uma pessoa uma boa influenciadora:

Engajamento
Produzir um conteúdo de relevância, que faça com que as pessoas vejam, curtam, comentem e compartilhem. “Comprar seguidor não funciona. Não adianta ter milhões de seguidores e 20 curtidas numa foto”, disse.

Relevância
“O quanto você é relevante para o seu mercado, mesmo tendo milhões de seguidores? A relevância pode ser o know-how que você tem, o quanto você estudou. Para outras pode ser a experiência de uma modelo, uma it-girl ou uma socialite. A relevância depende do nicho onde você está. É lá que ela vai se refletir”, resumiu.

Alcance
Significa o quanto a rede social entregou o seu conteúdo para outras pessoas. “Às vezes, uma pessoa fala que viu uma postagem sua, mas ela nem comentou nem curtiu, mas ela viu”, disse.

Para cada rede social, um foco
Ao final de sua apresentação, Juliana ainda deu algumas dicas de utilização das principais redes sociais. Para o Instagram, a especialista indica o uso das hashtags e marcações, o cuidado com a estética e a importância de uma bio informativa e atualizada. O story também deve ser bem explorado pelos profissionais, pois é nele que os maquiadores podem criar uma identificação com os seguidores e mostrar sua personalidade e trabalho.

Já para o Facebook, Ju Rakoza disse que é importante cuidar para que a página não vire uma réplica do Instagram. Apostar em perguntas, antes e depois, e até memes são boas estratégias, mas segundo a expert, são os vídeos as mídias que engajam mais. Promover ações, promoções e eventos também aumentam a relevância. “E sempre respondam seus comentários, directs e inbox. A pessoa comentou e está esperando uma resposta. Muitas vezes, você perde num direct uma oportunidade de trabalho”, reforçou.

Por Karen Villerva
Fotos: Ag. Riguardare

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu nome aqui
Por favor digite seu comentário!