Início Beauty Fair 2019 O poder das redes sociais para vendas na área da beleza

O poder das redes sociais para vendas na área da beleza

0
821

Confira algumas das dicas dadas por Marianne Feitoza durante o 3º Congresso de Extensão de Cílios e aplique já em seu dia a dia!

Aprender técnicas é sempre muito bom, mas saber como promover os serviços para atrair e fidelizar a clientela é melhor ainda. Afinal, como colocar os ensinamentos técnicos em prática sem uma agenda cheia? E foi para aprender sobre o poder das redes sociais na divulgação dos serviços que a palestra da gerente de marketing do Olímpia Spa Marianne Feitoza, no 3º Congresso de Extensão de Cílios, foi tão aguardada.

Marianne é bacharel em Hotelaria com ênfase em atendimento e hospitalidade, se especializou em marketing digital e dividiu um pouco do seu conhecimento com os congressistas ao explicar a importância das redes sociais no trabalho de cada um. Marianne também apresentou ideias sobre como criar estratégias para chamar a atenção do público.

Na era digital
A internet é uma das maiores e melhores ferramentas de divulgação, podendo ser utilizada quase sem nenhum custo. O Instagram é uma dessas ferramentas, bastante em alta, a rede social pode proporcionar um enorme crescimento em seu negócio, disse Marianne.

Ela ainda reforçou que, hoje, “a rede social não é escolha, é uma obrigação” e que, por isso, o relacionamento entre sua marca e trabalho deve ser cada vez mais estreitado com o cliente. O Instagram, por exemplo, deve ser utilizado de uma forma que faça com que o consumidor se interesse pelo conteúdo e que as postagens possam atender suas carências. Se isso é possível? Sim, basta entender a necessidade do seu público e como eles procuram seu produto.

Foque em cada pessoa
Apesar de sua rede ser apenas uma, é importante entender que cada cliente é um indivíduo. Por isso, saber o que cada um procura e que o que é melhor para um, não é o mesmo para o outro, é fundamental. Além disso, se relacionar e ouvir as pessoas, tentando entender todos os pontos e se aproximar, tentando arranjar as soluções a partir de sua profissão é essencial. “Você pode colocar um post no Instagram falando que a pessoa pode acordar e já estar pronta, pois muitos não gostam de acordar cedo. É só passar um gloss e sair de casa, pois os olhos já estarão prontos com o os cílios postiços”, deu a dica relacionando o conteúdo à busca por extensões de cílios.

Outro fato é que as pessoas seguem umas às outras para também saber dos momentos pessoais e do lifestyle. Então, compartilhar rotina, proporcionar momentos diferenciados também é importante do que somente aplicar técnicas de venda. Em casos assim, o bom senso é essencial, já que suas atividades devem estar relacionadas à sua profissão, mesmo que não seja a divulgação de uma venda de serviço ou produto. Seguindo essas dicas, você pode alavancar o número de seguidores e atingir potenciais clientes.

Sucesso na rede e na profissão
O crescimento das redes, segundo Marianne, deve ser natural e consequência de toda a temática e dedicação. E, para que realmente todas as estratégias funcionem, a especialista falou sobre o Princípio de Pareto, que diz que 80% das postagens devem ser sobre entretenimento, curiosidades e informações relevantes e apenas 20% sobre vendas e promoções.

Além disso, Marianne indicou que, para realmente bombar na internet, é interessante seguir alguns passos, que são: encontrar seu nicho; saber quais os problemas que ele possui e dar uma resolução; criar uma persona, turbinar a sua bio, pois é seu currículo; ter um nome de usuário fácil no Instagram e, é claro, colocar minimamente quatro #hashtags com, pelo menos, o nome de sua marca, conteúdo e local. Seguindo esses pontos e com a ajuda de outros aplicativos de montagens de fotos, editores de vídeos e outros elementos que ajudem a valorizar o seu trabalho e os conteúdos que irá postar, o sucesso será garantido.

Evite problemas nas redes
Durante sua palestra, Marianne ainda apontou alguns erros que não podem ser cometidos na rede social de sua marca, como discutir sobre assuntos polêmicos; utilizar a rede somente para posts de venda; discordar ou discutir publicamente com pessoas nos comentários; erros de português; não ouvir opiniões relevantes e que podem enriquecer seu trabalho.

Por Laura Ciampone
Fotos: Diego Marcos

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu nome aqui
Por favor digite seu comentário!