7 A 10 DE SETEMBRO
Expo Center Norte - SP
Entrar / Cadastrar

TELEVENDAS: (11) 3181-5197

WHATSAPP: (11) 97961-0275

Início NOTÍCIAS Estética NATUREZA QUE CURA

NATUREZA QUE CURA

0
491

De acordo com Patricia Thenório, graduada no curso tecnólogo em podologia pela Universidade Anhembi Morumbi e técnica de podologia na empresa Pro Unha, os povos antigos já faziam uso de substâncias aromáticas extraídas de flores, especiarias, ervas e frutas em alimentos, bebidas, perfumes e até mesmo na limpeza e conservação de cadáveres.

Hoje, ainda segundo a especialista, os óleos essenciais, como os conhecemos, são amplamente utilizados na indústria da beleza como potentes hidratantes capilares e corporais. E a podologia vem resgatando outra importante função deles: a de medicamentos fitoterápicos.

Propriedades
A profissional abordou esse tema durante o 8º Congresso de Podologia, que aconteceu durante a 11ª edição da Beauty Fair, entre os dias 5 e 8 de setembro, e conta que os óleos apresentam inúmeras propriedades. “O óleo essencial de melaleuca, por exemplo, é extraído das folhas da Melaleuca alternifolia, espécie de planta nativa da Austrália, e tem propriedades antibacteriana, cicatrizante, antifúngica. Já o óleo de copaíba, que tem os mesmos efeitos medicinais do melaleuca, pode ser encontrado nas florestas brasileiras. E ambos podem ser utilizados no tratamento de onicomicose, tíneas e inflamações”, diz.

Apesar dos poderes desses produtos, Patricia ressalta que nenhum podólogo está habilitado a medicar. Por isso, os profissionais da área devem usar os óleos essenciais apenas nos curativos, o que não dispensa uma análise mais profunda de um médico para trabalhar juntamente com o podólogo. “Como se trata de produtos naturais, eles são uma alternativa sempre mais branda no sentido toxicológico e podem ser empregados em várias situações do espaço podológico. Mas, dependendo de uma análise prévia, devemos pedir autorização médica para utilizá-los”, conta ela que destaca ainda que, além dos óleos, os cremes hidratantes à base de ureia são importantes no auxílio a alguns tratamentos. “Com óleos ou cremes, os resultados positivos são vistos em poucas semanas”, finaliza.

Quer saber mais sobre o tema? Não deixe de conferir a Coluna Estética, publicada na edição 63 da VIVABELEZA by Beauty Fair.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPOTENTE E SOFISTICADO
Próximo artigoA SIMETRIA DO LOOK

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu nome aqui
Por favor digite seu comentário!