Início NOTÍCIAS Semana da Depilação Fórmula do sucesso

Fórmula do sucesso

0
896

 

Umas das maiores dificuldades dos profissionais e gestores da área da beleza é precificar os
serviços prestados para gerarem lucro e ainda oferecer um bom custo x benefício para os
clientes. Segundo Felipe dos Anjos Chiconato, consultor de finanças do Escritório Regional Capital Sul do Sebrae-SP, existem diversas maneiras de precificar o serviço/produto, mas antes, o profissional precisa responder a três perguntas:

1- Quanto me custa?
Esta pergunta está ligada a todo material, comissão, taxa de administração do cartão, impostos, taxas de franquias, entre outros.

2- Quanto o mercado, ou seja, os concorrentes cobram?
Esta questão é para posicionar sua empresa com relação a outros espaços de beleza
ou profissionais que estão oferecendo o mesmo serviço. Mas cuidado: preços muito
mais baixos do que aqueles que o mercado apresenta tendem a transmitir a
mensagem de que o serviço é ruim ou de má qualidade.

3- Qual a percepção de valor pelo cliente?
Percepção de valor não é preço, mas sim quanto o cliente enxerga de valor no que ele
está levando. Isso é influenciável, pois todos queremos levar o maior valor pelo menor
preço possível.

Depois de ter clara a resposta destas questões, é importante ficar de olho em outros pontos:

Localização
“A localização é muito importante desde que seu cliente entenda isso como diferencial. Estude
a região mapeando primeiro quem e quantos serão seus potenciais clientes, depois visite e
analise os concorrentes que disputam o mesmo cliente que você. Faça um comparativo do que
você entende que o cliente tem como fator de decisão de compra e compare com a sua
empresa”.

Concorrência saudável
“A guerra de preços é horrível. O empresário deve procurar sempre a diferenciação, as
vantagens competitivas que vão fazer com que você se destaque e possa cobrar o preço
adequado para o serviço que entrega. O cliente que busca preço não se fideliza à sua empresa. Assim que o preço do concorrente ficar menor, ele te troca. Não é errado assumir que seu serviço, por exemplo, não é premium; isso é fruto da estratégia que a empresa adota e usa como artifício para obter lucro. Se todos focarem apenas nos clientes que pagam mais, os poucos, o mercado de menor valor agregado, poderá talvez ganhar muito devido à baixa concorrência”.

Material X Precificação
“O cálculo do material deve ser feito através de uma ficha técnica, onde o profissional deve
descrever o que e a quantidade média usada em cada serviço prestado. Alguns produtos
devem ser fracionados para você achar o custo individual”.

Tempo é dinheiro
“O tempo de serviço é um fator importante, mas que pode ser jogado fora se o cliente não perceber evolução no seu trabalho, pois existem novas técnicas e produtos que obrigam a atualização do profissional para poder trazer novos atrativos. O conhecimento proporcionado pelo tempo de serviço é importante se o cliente perceber o valor disso”.

 

 

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu nome aqui
Por favor digite seu comentário!