Início Beauty Fair 2019 Evolução no mercado de perfumarias

Evolução no mercado de perfumarias

0
399

É preciso estar atento, principalmente, para a área de atendimento

Evolução no mercado de perfumarias foi o tema discutido por Cesar Tsukuda, diretor-superintendente da Beauty Fair, durante o Fórum Beauty Fair do Varejo de Beleza. Os temas-chave abordados pelo executivo foram eficiência operacional, expansão no canal de perfumaria, categoria de produtos diferenciados, investimentos em mix de produtos, colaboração entre indústria e varejo e excelência no atendimento ao consumidor.

Sobre este último, Cesar chamou a atenção dos presentes. “É preciso estar atento, neste momento, principalmente para a área de atendimento. Ela é o principal ativo das empresas. Se a maior parte do atendimento ao cliente de sua loja é terceirizado, por exemplo, demanda atenção especial e uma mudança de pensamento”.

O diretor-superintendente também destacou que existem oportunidades de melhoria no mercado de perfumarias. “Há muitas áreas promissoras que vem crescendo dia a dia, como por exemplo, o setor masculino com as barbearias; a área de skincare, de cuidados pessoais, e também o segmento de coloração capilar. Estima-se que a categoria de beleza e cuidados pessoais devem crescer 7 % até 2023. Uma tendência promissora também são os produtos naturais, com baixo impacto ambiental. Eles vêm com muita força e influência do consumidor.

A experiência de compra também foi pauta durante sua palestra. “O consumidor está cada vez mais exigente e deseja atrelar uma experiência ao consumo material. É preciso dar atenção especial a esta questão e se fazer a pergunta: o que a consumidora das perfumarias espera e tem como expectativa em sua experiência de compra?”, reforçou.

Para concluir sua apresentação, o desafio, segundo Cesar, é prospectar as consumidoras com fatores que criem desejo e fidelização. “Investir em comunicação e programas de fidelidade, por exemplo, é difícil, mas estimula a frequência do consumidor e é a chave para o crescimento”.

Por Carolina Altheman
Fotos: Ag. Riguardare

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu nome aqui
Por favor digite seu comentário!