7 A 10 DE SETEMBRO
Expo Center Norte - SP
Entrar / Cadastrar

TELEVENDAS: (11) 3181-5197

WHATSAPP: (11) 97961-0275

Início Destaques Biossegurança: aprenda a esterilizar corretamente utensílios do seu salão

Biossegurança: aprenda a esterilizar corretamente utensílios do seu salão

0
726

Daniela Pontes, especialista em biossegurança, ensina o passo a passo do procedimento que vai garantir a segurança dos serviços

Manter limpos os utensílios e materiais do salão vai muito além de uma boa rotina de higiene. E o conjunto de procedimentos necessários para prevenir e controlar os riscos que pessoas podem correr em certas situações é denominado Biossegurança (tema presente na grade do Congresso de Depilação, Congresso de Extensão em Cílios, Congresso de Manicures e Masterclass Design de Sobrancelhas + Circuito Técnico da Beauty Fair 2019!).

Daniela Pontes

Todos os protocolos que envolvem a Biossegurança visam a segurança do profissional e cliente contra contaminação de doenças contagiosas, principalmente as que são transmitidas pelo sangue, como a HIV e a Hepatite. Daniela Pontes, especialista em Biossegurança, sempre reforça a importância de seguir à risca esses protocolos.

“O ideal é que os estabelecimentos tenham uma autoclave, mas essa é a realidade de poucos por ser um equipamento de alto valor agregado. Normalmente, os salões mandam suas pinças, alicates e materiais que não são descartáveis para empresas que realizam esse trabalho. Pouquíssimos salões seguem à risca os protocolos e a biossegurança só é realmente eficaz se passa por todos os passos. Os vírus são inteligentes, eles criam uma autoproteção e, mesmo depois da esterilização, ele está lá no equipamento encapsulado, por isso não podemos pular etapas”, explica Daniela.

A especialista em Biossegurança, que marca presença na Beauty Fair e é curadora do Congresso de Depilação, Congresso de Extensão de Cílios e do Masterclass Design de Sobrancelhas + Circuito Técnico, ressaltou também a importância dos registros de esterilização. “Mesmo se o salão faz a esterilização fora, ele deve se responsabilizar pelos indicadores químicos e biológicos. Nesses testes terá um livro com todos os comprovantes da esterilização, além dos registros de indicadores químicos e biológicos, usados em todo o processo. Só assim você atesta que o material foi realmente esterilizado ou não. É através desses testes, inclusive, que sabemos se a autoclave está funcionando corretamente. O teste químico deve ser realizado diariamente e o biológico semanalmente”, conta.

Outro ponto que nem todo mundo sabe e que Daniela faz questão de alertar os profissionais e gestores é que, no envelope que está o material, o nome de quem fez o procedimento deve estar descrito. “É importante que você saiba que se a cliente processar o salão por ter contraído uma doença, não é o cliente que prova que pegou o vírus naquele salão, mas o salão que deve provar que a cliente não contraiu lá. E isso só e possível através dos livros de registros e do cumprimento de todas as normas. No envelope deve conter o nome de quem realizou a esterilização e a data que a mesma aconteceu”. Anotado?

Á seguir, você confere um passo a passo de como higienizar os materiais, criado exclusivamente para o Portal Beauty Fair. Conheça o processo!

Passo 1
Realize uma pré-lavagem dos materiais. Deixe as peças imersas em água por poucas horas. Para remover qualquer sujeira pesada ou resquício biológico. As bactérias não podem secar no material

Passo 2
Em seguida, deixe os equipamentos de molho em água e detergente enzimático *Medida*: 2 ml de detergente para cada 1L de água. (Isso varia de marca para marca.)

Passo 3
Deixe os equipamentos submersos na solução de água com detergente enzimático. O tempo que os equipamentos devem ficar na solução, varia de acordo com cada marca de detergente.

Passo 4
Escove com uma escova de cabo longo destinada apenas para higiene de materiais e lave os materiais em água corrente.

Passo 5
Deixar escorrer o excesso de água dos equipamentos e, em seguida, seque bem com uma toalha de alta resistência.

Passo 6
Faça a inspeção para ver se todos os materiais estão limpos e bem secos.

Passo 7
Retire as luvas de lavagem sem tocar na parte externa da luva, Higienize as mãos e faça o descarte e/ou troca dos materiais de proteção. (luvas e avental)

Passo 8
Colocar os materiais no grau cirúrgico *Dica*: O alicate precisa ser “embalado” com as pernas abertas, para esterilizar todas as partes. 

Passo 9
Sele a embalagem de todos os materiais.

Passo 10
Colocar água destilada na autoclave. Em seguida coloque os materiais. Importante: Não encher e nem empilhar materiais na autoclave para que sejam esterilizados da maneira correta. Deixe sempre espaços!

Passo 11
Deixe os equipamentos na autoclave de acordo com o tempo estipulado pelo fabricante.

Por Lucas Belido
Fotos Diego Marcos
*Agradecimentos: Senac São Bernardo do Campo*

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu nome aqui
Por favor digite seu comentário!