Início NOTÍCIAS Beauty Fair 2018 Beauty Fair 2018: Conheça novos procedimentos para combater olheiras e técnicas...

Beauty Fair 2018: Conheça novos procedimentos para combater olheiras e técnicas de rejuvenescimento 3D

0
482

Profissionais apresentaram protocolos com ácidos e séruns para diminuir a área escura em torno dos olhos e um combo com três passos para amenizar rugas e linhas de expressão

 

A dermatologista Lucinéia Leite apresentou diversas novidades para os clientes que sofrem com a área escurecida em torno dos olhos durante o 13° Congresso Científico Internacional de Estética e Cosmetologia, na Beauty Fair 2018. Para uma platéia repleta de profissionais da área da estética, ela falou sobre as causas da hipercromia periorbital – ou olheiras -, entre elas, a genética, o estresse, a falta de hidratação e o excesso de vascularização subcutânea. “Esse é um bom nicho de tratamento a ser explorado por vocês. A pele da área dos olhos deve ser tratada de forma global; além da pigmentação, é preciso ter atenção à flacidez e inflamações”, disse Lucinéia.

O protocolo adotado por ela começa com uma hidratação intensa feira com clusters de água polarizada 3D Hydra APS, atingindo a camada basal, e com permeação na membrana celular, além do Epidermosil, ácido hialurônico que estimula a renovação da matriz epidérmica e auxilia no processo de reparação celular. Em seguida, é aplicado o sérum Bioyeast (5%), derivado de células de leveduras vivas, que ajuda a reduzir o estresse da célula humana, diminuindo o inchaço; e o sérum Meiyanol, derivado da flor de sabugueiro, que reduz a oxidação da hemoglobina. O Biominerals Gold, ouro orgânico, diminui a vermelhidão e inflamação, além de controlar o pH da região. “Para um efeito tensor, utilizamos Instensyl, Hydroxiprolesilare C e o fator de crescimento TGF3, além de ativos clareadores”, completou a dermatologista.

Já a médica carioca Mariana Pinheiro Machado fez, ao lado da irmã, Renata Pinheiro Machado, uma demonstração de procedimento para rejuvenescimento 3D, em que aplica o microagulhamento, seguido de um peeling de alfa-hidroxiácidos e uma máscara hialurônica. “A técnica melhora a textura da pele, a deixa hidratada e traz firmeza”, falou Mariana, explicando ainda como acontece o processo de envelhecimento da derme: “Há o processo intrínseco, que ocorre por causa da genética e com a passagem do tempo; e o extrínseco, que são fatores naturais, como o sol, cigarro e poluição, por exemplo”.

Ela reforçou que são muitas as causas que provocam o enrugamento, flacidez e manchas. “O procedimento com os três passos, aliado a um creme com coenzima Q10 e fitocomplexos, dá um aspecto visível de melhora já após a primeira sessão”, explicou a médica.

Por Laís Rissato

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu nome aqui
Por favor digite seu comentário!