Beauty Fair 2018: SIMM’18 é sucesso e promove intercâmbio de conhecimento

0
210

O primeiro evento no formato megaclass de micropigmentação do Brasil reuniu inúmeros profissionais em busca de atualização em quatro dias


(Foto: Silmara Ciuffa)

O São Paulo International Micropigmentation Meeting aconteceu de 8 a 11 de setembro na 14° Beauty Fair e o evento no formato megaclass promoveu conhecimento para profissionais de diferentes níveis de conhecimento com quatro dias de estudo intensivo.

Apresentado por Mário Gisbert, presidente da Associação Espanhola de Micropigmentação e por Eliana Giaretta, autora do livro “Micropigmentação – Arte & Responsabilidade”, o SIMM’18 recebeu inúmeros especialistas, do Brasil e da Espanha, para compartilhar seus conhecimentos com os inscritos. Além da parte prática, o evento contou com um dia de apresentações. Saiba como foram algumas delas:

(Foto: Silmara Ciuffa)

Ferramentas
Ana Tornisiello e Lilian Gazzi, tatuadoras e micropigmentadoras, abordaram o universo dos pincéis de aço e suas infinitas possibilidades. Lilian ensinou os presentes a identificar as agulhas e falou sobre a importância da qualidade das ferramentas. “Leiam as especificações e questione o fabricante. Estejam cientes da procedência das agulhas, pois isso tem a ver com a qualidade e o resultado final do seu trabalho”, disse. Ela alertou também para o perigo das pontas das agulhas e possíveis acidentes e deu uma dica valiosa: “Ponta torta vira um anzol e machuca a pele da cliente. Façam o teste do papel higiênico; se a agulha passar e rasgar o papel, ela está quebrada e, nesse caso, descarte-a”, reforçou.

Mesa redonda
Renata Barcelli, Vanessa Siqueira, Lu Rodrigues, Marli Teixeira, e participaram de um bate-papo voltado a técnicas, experiências e dicas. Renata Barcelli falou sobre o momento em que enxergou a necessidade de trazer os cosméticos para a micropigmentação. “Em 2015, comecei uma graduação em cosmetologia e em parceria com uma professora e amiga, tive a oportunidade de desenvolver cosméticos exclusivos para cada tipo de situação e necessidade”, lembrou.

(Foto: Silmara Ciuffa)

Vanessa Siqueira explicou quanto o sangramento pode interferir numa fixação. “Na verdade, é uma série de fatores, mas ele vai interferir na fixação porque quanto menos lesionarmos a pele, menos é a inflamação e maior a fixação. Então, o segredo é buscar fazer diferente em cada caso. Cuidar da pressão das mãos, por exemplo, é um dos segredos para evitar lesões”, afirmou Vanessa.

Lu Rodrigues, por sua vez, deu dicas sobre fixação de pigmentos. “Primeiro de tudo, o profissional precisa analisar o tipo de tecido em que está trabalhando. Conversar com a cliente e entender se ela está tomando algum tipo de medicamente que interfira na pele, por exemplo. Vocês podem fazer um teste também, que é desenhar um pequeno fio para identificar a cor e em que profundidade você irá trabalhar. Quando você faz uma pequena perfuração de um fio, você irá entender o tipo de pele e a leveza ideal de suas mãos”, comentou.

(Foto: Silmara Ciuffa)

Marli Teixeira complementou as dicas de Lu com seus segredos para uma boa fixação. “É a pressão correta, é esticar bem a pele. Eu sempre aqueço os pigmentos antes de iniciar o trabalho e essa é a minha aposta para um bom resultado de fixação”, disse.

Motivação
Um dos palestrantes mais esperados do evento, Alan Spadone, micropigmentador, professor e coach, levou para o SIMM’18 uma palestra motivacional. Dicas de marketing, criatividade e a importância da divulgação nas redes sociais foram alguns dos assuntos abordados por ele. “Criatividade é você combinar coisas diferentes que já existem. A primeira ideia de uma pessoa que quer ser criativa, que quer usar respostas diferentes para fazer as coisas é: ‘e se isso funcionar? ’ Então você faz!”, incentivou Alan.

(Foto: Silmara Ciuffa)

Participantes
Regina Andrade e Késia Reis, micropigmentadoras de Marabá, no Pará, foram à Beauty Fair especialmente para o evento. Elas trabalham na área da micropigmentação há três e seis anos, respectivamente, e gostaram do conteúdo do SIMM’18. “Eu achei o evento muito bom, com muito conteúdo. Valeu à pena ter vindo, foi mais do que eu esperava”, disse Regiane. Késia completou: “Foi importantíssimo para a minha formação profissional, pois vi técnicas exclusivas na área da micropigmentação que vou levar comigo. Foi um curso muito proveitoso e com certeza o primeiro de muitos”.

Homenagem
Eliana e Mario Gisbert homenagearam, no palco do SIMM’18, Raquel Lélis, palestrante e micropigmentadora que faleceu neste ano, vítima de câncer. “Ela foi uma pessoa que quebrou paradigmas; ela fez o curso iniciante e até outro dia ela já tinha 56 cursos no currículo. Ela era extremamente amante da profissão, é exemplo de profissional, de pessoa, de ser humano. Ela amava incondicionalmente e sem reservas a profissão. Todos deveriam ter uma ‘Raquel’ como amiga”, disse Eliana emocionada.

Por Camila Cardoso

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui