7 A 10 DE SETEMBRO
Expo Center Norte - SP
Entrar / Cadastrar

TELEVENDAS: (11) 3181-5197

WHATSAPP: (11) 97961-0275

Início NOTÍCIAS Beauty Fair 2018 Beauty Fair 2018: Aprenda a gerir os negócios de sua barbearia

Beauty Fair 2018: Aprenda a gerir os negócios de sua barbearia

0
368

Sergio Navarro, Babu Barber, Paulo Bresciani e Kaio Bulevar falaram sobre como ser um bom empreendedor no setor. Confira alguns destaques!


(Foto: Monique Carvalho)

Assim como em qualquer outro negócio, ter uma barbearia exige muito conhecimento, é  preciso saber sobre gestão, quem são seus potenciais clientes, onde eles estão, entre outros aspectos. Como marco regulatório da profissão, foi criada em 2016 – e passou a vigorar no início do ano passado – a Lei Salão-Parceiro, que tem como objetivo regularizar a contratação de profissionais da beleza como autônomos. “Isso traz mais benefícios e segurança para os donos de estabelecimentos. Eles oferecem o espaço físico e o profissional pode se desenvolver ali, no sistema de microempreendedor individual. Agora, com esse planejamento previdenciário, muitos barbeiros vão conseguir ter uma aposentadoria”, disse Paulo Bresciani, dono da Primeiro Assessoria, escritório de contabilidade especializado em salões de beleza.

(Foto: Monique Carvalho)

Ao lado dele, estavam os barbeiros Sergio Navarro, Kaio Bulevar e Babu Barber, que contaram um pouco sobre suas experiências como donos de salão. Proprietário do Mr. Navarro, Sergio, que tem três unidades, teve uma tentativa frustrada ao abrir sua segunda, na região da Avenida Paulista, em São Paulo. “Quando abri a primeira, em 2015, não tive dificuldades e fui aumentando a estrutura. Mas achei que ter um lugar bonito e bons profissionais bastavam e não foi isso o que aconteceu. É preciso ter um diferencial, conquistar o cliente”, disse.

Para Kaio, o investimento em aprendizado é uma das dicas mais valiosas. “Aproveite cada momento, não desperdice o tempo que você tem para aprender. Eu me dedico ao máximo. Se puder dar outro conselho, seria: não tenha medo de arriscar. Se você não tiver seu espaço e receber uma proposta de sociedade, analise bem, mas não deixe de fazer nada por medo”, afirmou.

De origem humilde, Babu acredita, assim como Kaio, que determinação e conhecimento são duas armas importantes para se dar bem no negócio próprio. E surpreender o cliente nunca é demais. “Mostre um bom serviço já no básico, que é o corte de cabelo e a barba. Se o cliente gostar, se você conquistá-lo, ele sempre volta. Mantenha a qualidade”, finalizou.

Por Laís Rissato

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Nenhum produto no carrinho.