Beauty Fair 2018: Alavanque seu negócio com a melhoria dos processos da empresa

0
338

Palestrante Nelson Marinho Benseny afirma que o segredo é não se desconectar com o que acontece no mundo


“Nós precisamos nos sentir incomodados. Sempre existe espaço para melhorar”. Foi com essas palavras que o professor Nelson Marinho Benseny deu uma ideia do conteúdo que seria apresentado em seu workshop com o tema “Administração para o Varejo – Gestão da Melhoria de Processos”. O evento tinha como objetivo munir de conhecimento aqueles que pretendem abrir um negócio no ramo da beleza ou melhorar as atividades de uma empresa já existente. “Vivemos em um mundo diferente, com muitas mudanças e, muitas vezes, nem conseguimos absorvê-las direito. Tudo é muito intenso e rápido, e acompanhar esse ritmo não é fácil”, disse.

Como case de sucesso, ele citou modelos de negócios disruptivos, ou seja, serviços inovadores que criam um novo mercado e desestabilizam a concorrência, como as redes sociais, um e-commerce chinês, o modelo de compartilhamento de aluguel de casas e outro de carros. Segundo ele, quem obtém êxito é aquele que, com seu negócio, resolve o problema do cliente: entrega a melhor solução a qualquer hora, a partir de qualquer dispositivo e em qualquer lugar.

A grande sacada para a excelência desses processos, segundo Benseny, é ser um questionador: mudar a forma como pensamos e gerenciamos a nossa empresa, olhando o cliente e a concorrência como prioridades, além de saber aplicar e conduzir o modelo de negócio correto. “Outro ponto muito importante são as pessoas, por isso é importante dar espaço para que talentos se desenvolvam e ganhem em qualidade e eficiência”, destacou.

Uma filosofia interessante para aplicar nos processos da empresa, segundo o palestrante, é a gestão japonesa Kaizen que, na língua nativa, significa mudança para melhor, guiada pela máxima “sempre existe espaço para melhorar aquilo que eu faço”. Nelson concluiu sua apresentação com uma importante dica: “Ainda que o seu negócio esteja prosperando, é preciso ficar ligado em melhorias contínuas e  sair da zona de conforto. O desafio é o que traz a transformação”.

 

Por Laís Rissato

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui