7 A 10 DE SETEMBRO
Expo Center Norte - SP
Entrar / Cadastrar

TELEVENDAS: (11) 3181-5197

WHATSAPP: (11) 97961-0275

Início NOTÍCIAS Semana da Podologia Alívio para os pés dos esportistas

Alívio para os pés dos esportistas

0
914

A podologia esportiva tem o objetivo de aliviar os atritos e patologias causados durante os treinos e competições de atletas profissionais e amadores. A grande maioria das atividades esportivas, sejam elas individuais ou coletivas, dependem do esforço dos pés para acontecer, podendo colocar os membros inferiores em risco durante as atividades. Uma das lesões mais comuns é a entorse de tornozelo, que significa o comprometimento dos ligamentos.

O podólogo tem um papel fundamental na hora de tratar e, principalmente, ajudar a evitar esse tipo de problema. “Lesões esportivas acontecem por consequência de exercícios feitos de forma incorreta, anomalias estruturais ou traumas que forçam mais uma parte dos pés do que outra. Fragilidades musculares, de tendões, ligamentos, fragilidades crônicas de estrutura corporal e movimentos repetidos também causam lesões nos tecidos moles (músculos e tendões) e duros (ossos). Fascite Plantar, que é uma inflamação na base dos pés e lesões ungueais também são patologias típicas dos praticantes frequentes de atividades físicas”, explica Ezequiel Pereira Rocha, especialista em Podologia Esportiva.

Ele ainda ressalta que o papel do podólogo não é interferir nos movimentos e na atividade física do atleta, mas amparado por profissionais da área médica, como ortopedistas e fisioterapeutas, sua função é aliviar as dores dos pacientes por meio de manobras de massagem, tratamentos com óleos essenciais e orientações de palmilhas e sapatos adequados para cada atividade física. “A podologia está apta para prevenir ou curar patologias. A prevenção acontece através de treinos de fortalecimento, hidratação, uso de apetrechos e indicação de calçados adequados. Uma das técnicas que utilizamos como parte do tratamento preventivo ou curativo é a terapia manual ou massagem manual, mas com o intuito de tratamento e não de relaxamento. Essa terapia manual consiste na mobilização da estrutura feita dentro da movimentação biomecânica que a estrutura em questão permite. Esse trabalho manual deve ser feito apenas no tornozelo e nos pés”, reforça o especialista.

 

Tratando lesões ungueais

As lesões ungueais são muito comuns nas práticas esportivas e normalmente são causadas após algum trauma durante a atividade física ou pelo uso frequente de calçados inadequados. As patologias mais conhecidas são os descolamentos e os hematomas sub ungueais. “Esses casos de descolamentos e hematomas são tratados de maneira muito conservadora pela podologia. São tratamentos que necessitam de um tempo mais curto do profissional se compararmos ao tempo necessário para tratar onicomicoses, por exemplo. Quando recentes, os hematomas são tratados com drenagens e usamos brocas e agulhas especiais para retirar o sangue acumulado no local”, explica.

Nos casos de descolamentos, Ezequiel adverte que o podólogo deve adotar procedimentos conservadores. “Devemos realizar a podoprofilaxia, que é a limpeza da área, o corte e o polimento. O uso de óleos essenciais é ideal para manter a hidratação da área, isso sem falar nos curativos. Os óleos são grandes auxiliares na cura desses problemas e chamamos essas manobras de tratamento conservador, pois o podólogo nunca deve extrair a unha; isso é um trabalho de competência médica. A nossa formação não autoriza a extração de unhas nem a prescrição de medicamentos. É de nossa competência a realização de curativos, limpeza e indicação de artifícios complementares, como silicones, palmilhas e calçados adequados”, alerta.

Deseja se aprofundar sobre esse e outros temas ligados à área da Podologia? Inscreva-se 11º Congresso de Podologia da Beauty a Fair.

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu nome aqui
Por favor digite seu comentário!